quarta-feira, 15 de março de 2006

ESTOU EM UM DAQUELES MOMENTOS....


Hoje não estou legal. Não sei ao certo o que é. Sinto uma dor, não é física mas emocional.

Estou ouvindo o mesmo cd milhares de vezes - Norah Jones, adoro! Ouvi pela primeira vez há cerca de 2 anos e conheci através de um amigo. Amigo que tem feito muita falta e que infelizmente perdemos o contato. Hoje senti vontade de falar com ele, saber como está, saber se o sonho dele tinha se realizado pois na última vez que nos falamos ele disse que ía ser pai , e ele sempre sonhou em ter uma menina que se chamaria Bruna. Queria falar dos meus planos, da minha nova mudança, compartilhar minha alegria por estar iniciando uma nova fase na minha vida.

Infelizmente não consegui. O nosso único contato não existe mais.

Sabe, com isso estou passando a ser cada vez menos sonhadora, por mais que eu diga que não devemos nunca deixar de sonhar.

Não, na verdade não é deixar de sonhar, o que eu não acredito mais é em promessas. Promessas do tipo: aconteça o que acontecer a amizade nunca acabará ou de nunca deixar de fazer parte um da vida do outro.

Não adianta, todos nos perdemos no caminho da vida. Por mais forte que seja a ligação, um dia nos perdemos. E hoje, por mais que eu me recuse a acreditar, vejo nitidamente em como a vida nos leva para lados opostos. O destino que nos coloca frente a frente com alguém, é o mesmo que nos afasta.

Não, não é o destino que nos afasta, somos nós que escolhemos nossos caminhos.

Deixei que as lágrimas escorrecem pelo rosto,por tudo...por essa amizade que ficou no caminho, pelos meus medos, minha angústias, minhas saudades, minhas decepções, minhas frustrações....

Aprendi que não devo prendê-las. Chorando me liberto destas emoções, alivio aquilo que tanto me oprime.

Uma vez li que "chorar é permitir a intensificação da emoção e quem reprime o choro perde a oportunidade de criar intimidade com sua própria emoção". É por isso que vemos tantas pessoas ficarem impotentes diante das lágrimas, por não conseguirem expor suas emoções elas não sabem lidar quando as lágrimas aparecem.

O choro nos aproxima da nossa dor e nos ensina a lidar melhor com ela, a captar aquilo que ela quer nos passar.

Sabe, tenho que confessar uma coisa. Acho que o que mais sinto falta desta pessoa é o fato dela perceber quando estou bem ou mal sem que pra isso eu precise falar. Me sentia como ninguém jamais sentiu. Sempre acreditei que somos almas afins por tudo o que passamos.

E quando digo que sinto essa falta é porque hoje não encontro alguém que me dê o "colo" que ele me dava.

Sempre estou disposta a ajudar a todos, mas não sou capaz de pedir: me ajudem! Absorvo todos os problemas delas e isso leva até as minhas energias, mas não me importo, preciso vê-las bem pra que eu fique bem também.

Engraçado, tem gente que acha que me conhece mas na verdade não. E nem precisa ir muito longe pra saber como sou, é só perceber, sentir ou até mesmo ler o meu profile no orkut ou aqui do lado. Mas acontece uma coisa, todos estão sempre muito ocupados com seus problemas e detalhes passam despercebidos. Ou então não deixarão de fazer algo melhor para ficar escutando uma boba em um momento down.

Hoje estou sentindo essa dor.

Mas sei que amanhã será um belo dia onde continuarei a empacotar tudo para a mudança. Rumo a uma nova vida, novas perspectivas. Acredito que estou tomando o caminho certo, sinto que o meu momento está chegando e isso me deixa feliz. Por isso sei que este momento melancòlico é apenas temporário, até porque já consegui desabafar através das lágrimas e do que escrevi. É, sou sentimental demais, boba demais.

Mas segurar aquilo que sentimos é que nos faz mal.



PS: 1. Peço desculpas porque meu blog está com vontade própria. As letras estão ficando de tamanhos diferentes e ainda não mexi pra ver o que é.

2. As publicações ficarão mais espaçadas por causa da minha mudança. Não sei quando voltarei a escrever com frequência, mas sempre que der colocarei algo novo por aqui.

9 comentários:

Roberta disse...

Oi Ana,bom dia,todos nós temos um dia desses na vida.Eu por exemplo tive vários seguidos.Deixar as lágrimas cairem faz muito bem ,só assim conseguimos por pra fora um pouquinho da angústia que sentimos no peito.E não se ache boba por isso,vc é uma pessoa tão sensível quanto eu,as vezes choro por horas...ajuda a aliviar,ponha sempre para fora o que está te fazendo mal.
Engraçado é que eu coloquei um texto hj de manhã no meu blog que diz um pouquinho disso.Acredito que nada é por acaso, depois que eu coloquei é que entrei no seu e vi o que estava escrito...
Tente ficar bem,tudo isso passa.
Bjsss

Ricardo Goothuzem disse...

Olá querida, mudanças sempre intimidam um pouco - ainda mais quando são enfrentadas no estilo "all by myself". Não se preocupe, vai dar tudo certo.
Sobre o colo, outro dia estava comentando algo parecido. Quando olho para trás, fico pensando como nunca tive apoio externo pra nada. Não é reclamação, é mais uma constatação. rsrsrsrsrsrsrs

Nana Atallah disse...

Inda bem que eu não sou a única nesse planeta!

E isso não é só problema de idade...(porque todo mundo dá essa desculpa pra mim)

Beijão

Kall disse...

Oi prima linda.
Ah saudades coisa que nos pega desprevinida e que nos faz rever tantas coisas.
eu ando assim tb com saudades de alguem,doida para contar da minha vida das minhas coisas,mas essa pessoa mudou muito e so tem aprontando comigo cheguei ao momento de achar melhor ficar longe pois so tenho sofrido,mas dessa vez fiz besteria e vou acabar sofrendo novamente.
prima isso passa como tudo na vida mas que mexe com a gente ah isso mexe.
Um beijo carinhoso e saiba que se precisar bater um papo to sempre por aqui.Bjo grande de quem te adora.

ATMJ disse...

Oi Aninha, é a primeira vez que entro em seu blog e tive uma ótima impressão. Com certeza voltarei mais vezes.
Beijos!

Anônimo disse...

oi ana paula
adoro o q escreve
gosto muito do jeito q suas palavras fluem.
não tenho esse dom, colocar em palavras o q vem do coração!
é lindo!
é intenso!
emociona!
a gente conviveu em um tempo onde tudo era "quase alegria", e nunca percebi o quanto vc é profundamente emocional!
to gostando de descobrir isso agora, pode ter certeza.
acredite,o q esta fazendo um bem enorme!!
adorei achar vc novamente!
e espero q sempre tenha algo aqui para eu poder rir , chorar , me emocionar!!!
bjs no seu coraçao
tenha uma otima semana!
e ve se nao some!!!!!!
angela serra

saria disse...

Olá ... Estou promovendo um concurso ao qual gostaria de convidá-la a participar... blogs com temas de fadas, bruxas, anjos, mundos lunares, místicos, fadas noturnas e muitos outros tipos de mundos. Já tem muitas fadinhas inscritas... Está faltando você... Visite-nos pra ver quanta magia há neste evento...
Se você se interessar pelo concurso:
Estou te esperando... bjos

Magui disse...

Tem certeza que nao sucumbiu?
http://somagui.zip.net

Patty disse...

Saudade de vc ...
Saudade de saber sobre vc...
Sumimos né??? rsssss
O tempo está conspirando e eu ando numa correria, espero q vc esteja bem e q possa fazer tudo o q desejas tá?
Sempre q nos falamos fica a sensação da pessoa especial q vc é, amiga!!
Um beijo
ps: voltei a blogar ou não, bom o blog é velho mas o novo endereço tá aí.