domingo, 5 de abril de 2009

MAL DO SÉCULO



"Por que será que amor está sempre rimando com dor? Amores não correspondidos, amores que se vão, amores mal resolvidos....alegria na descoberta, decepção na despedida...quem é o culpado? Vc, ela? Ou o danado do coração que bate por quem não deveria bater? Mas acredito que em alguns casos o tempo e a distância são necessários para entender o que se passa e ter a certeza do que se quer. Algumas verdades são difícieis de encarar,mas o pior é viver uma mentira...nossa, acho que viajei na minha própria história...mas assim como vc, me mantenho viva e acreditando que um dia brotará um amor de verdade, um amor gostoso, que me faça sorrir, que me faça até chorar, mas chorar lágrimas de prazer, de alegria....o importante é amar e se este amor passou, é lembrar com carinho e deixar as portas abertas para que o novo se instale."

Comecei o texto de hoje com o comentário que deixei no blog de uma pessoa que costumo visitar. Seus poemas sempre aquecem o coração daquelas que o lêem ( não apenas o coração diga-se de passagem...rs). É tanta paixão, tanta sensualidade...

O que ele escreveu me fez pensar na minha própria história, nos amores "errados" e não correspondidos, ou até correspondidos mas não dentro daquilo que eu desejava.

Desejar... Idealizar....está aí um dos problemas: idealizar a pessoa amada. Não adianta, por mais que saibamos que não devemos idealizar, acabamos de uma certa forma fazendo isso.

Quem não quer encontrar o amor perfeito? A pessoa perfeita para nós? A relação perfeita. Mas onde é que esta bendita perfeição se esconde? Ela não se esconde, simplesmente por não existir. Mas a gente teima em insistir nessa busca e aí é que quebramos a cara. (Já escrevi muito sobre isso)

Engraçado é que ontem mesmo, estava conversando com uma amiga no msn e ela me perguntava como eu estava e como andava o meu coração. Respondi que estava maravilhosamente bem na minha vida profissional, mas com relação ao coração? Ahhhhhh, já desisti, continua batendo, em compasso lento, um bumbo solitário.E eu dizia a ela que resolvi dar um tempo na busca, até porque acredito que não adianta "ir atrás" porque o amor acontece e de formas inesperadas.

Eu tenho um chama para homens comprometidos, problemáticos e isso realmente não está fazendo a minha cabeça. Prefiro ficar quietinha na minha. Tudo bem que tem horas que estou subindo pelas paredes, dando pontapé no vento, beliscando azulejo e tudo aquilo que você possa imaginar. Mas aí eu penso: será que vale a pena ter uma transa insossa só pra satisfazer o instinto, a carência? Tá bom, tá bom, tá bom, não vou ser hipócrita....às vezes vale sim, owww se vale!!! Eu até brinco dizendo que tenho assessor para assuntos aleatórios. Mas ando tão cansada disso, que andei dispensando até os assessores.Nem acredito, euzinha dispensando assessoria para assuntos aleatórios e eu que ando precisando tanto...(risos).

A verdade é que se antes já estava complicado, agora então, que ando viajando tanto, piorou. O meio em que vivo não é muito fácil para os homens aceitaram se relacionar comigo, pois eles são muito mais inseguros do que nós mulheres. Vivo rodeada de homens, lógico que rola algumas cantadas, mas depende de mim aceitar ou não.

Acredito que passe uma autosuficiência que pode assustar também. Acho que os homens gostam mais das mulheres que se mostram desprotegidas. Mas esta autosuficiência não quer dizer que não precise de alguém ao meu lado. Ela existe porque depois de tantos anos sozinha, a gente aprende a não depender de ninguém a não ser de nós mesmas.

Fazendo uma retrospectiva da minha vida, percebo uma ferida não cicatrizada e depois que voltei a morar em Recife, parece que ela abriu mais. Com isso chego a conclusão de que uma relação mal resolvida te persegue pelo resto da vida.

É caros amigos, parece que o mal do século vem atingindo um número maior de pessoas a cada dia.

É a dor do amor não correspondido gerando a solidão, o medo e com isso fechando a porta para que o novo se instale.

Mas quer saber???? Estou viva e escancarando as portas e janelas para que assim, caso ele chegue, não vá embora novamente por encontrar tudo fechado.

3 comentários:

Kall disse...

Ah prima te adoro tanto sabia...te ler sempre foi algo valioso p mim...e isso nos juntou muito graças a Deus...
Mais ao te ler hoje as lagrimas cairam sabe...meu mundo voltou a desabafar um assunto mal resolvido caiu de paraquedas novamente em minha vida...píor que mexe com toda minha estrutura e fico sem ação ....tem coisas que batem e fundo demais no coração da gente...nos fazendosofrer como li aqui e no outro texto rs...lendo com mais calma acho que não tem nada a ver com o que pensou ta...rs
E se tivesse acho que quem teria que cair de paraquedas la sou eu...rs...
To tão perdida hoje que pode deletar a metade do que to falando rs
Aff somos parecidas demais ne...rs
Bjo bjo bjo coisa boa sempreee te lerrrr..rs
boa semana lindona.

dctorxix disse...

A situação está difícil, eu concordo, cada vez mais difícil. Acreditar no amor e nas pessoas num tempo de tanta falsidade tem sido uma tarefa semi-impossível para todos nós...
Amor é coisa de valor, por isso tem que vir depois de sabermos o quanto é ruim viver sem ele. Portanto, mesmo com toda dificuldade contemporânea, com tantos joguinhos, com tantas mentiras e máscaras a nossa volta, é preciso continuar.
Adorei seu comentário querida
beijos.....o texto ficou lindo
Sim....claro...Você está sozinha, você sente falta de alguém, mas lida com isso de uma forma tranqüila e natural. Porque o amor existe para ser sentido e não pode ser inventado.

beijos

dr x

dctorxix disse...

A situação está difícil, eu concordo, cada vez mais difícil. Acreditar no amor e nas pessoas num tempo de tanta falsidade tem sido uma tarefa semi-impossível para todos nós...
Amor é coisa de valor, por isso tem que vir depois de sabermos o quanto é ruim viver sem ele. Portanto, mesmo com toda dificuldade contemporânea, com tantos joguinhos, com tantas mentiras e máscaras a nossa volta, é preciso continuar.
Adorei seu comentário querida
beijos.....o texto ficou lindo
Sim....claro...Você está sozinha, você sente falta de alguém, mas lida com isso de uma forma tranqüila e natural. Porque o amor existe para ser sentido e não pode ser inventado.

beijos

dr x