quarta-feira, 7 de dezembro de 2005

FAXINA

Hoje resolvi me livrar de algumas coisas que só ocupavam espaço.

Comecei pela quantidade de papéis velhos que vão se acumulando durante os anos e que de alguma forma sempre encontrei dificuldade para me desfazer deles.

Penso que, ao guardar, eu conseguiria eternizar aquele momento da minha vida.

Alguns até agora não entendo porque guardava ( acreditem, ainda tinha apostilas do tempo da faculdade), outros me fizeram relembrar algo como por exemplo, o programa da minha primeira apresentação de ballet ( deste não consegui me desfazer, continua guardado), ou o cartaz que fizeram em um dos meus aniversários "surpresa" com palavras que me arrancaram um sorriso e trouxeram muitas lembranças daquele dia, ou ainda uma flor seca, cartões, desenhos....

Dizem que acumular estas coisas fazem as energias ficarem estagnadas.

Bom, se elas ficam estagnadas ou não isso eu não tenho certeza, mas eu sei de uma coisa, o espaço livre aumentou consideravelmente...rs.

Não são estes papéis velhos, amarelados pelo tempo que deixarão vivas as lembranças. Elas estão dentro de mim. Sinto que os guardava como se assim eu pudesse materializar tais lembranças.

A verdade é que, não importa papéis, não importa objetos, as lembranças ficarão aqui dentro de mim eternamente.

Os momentos é que são importantes. Estes é que se eternizam.

É preferível ter uma "arca" escondida dentro de nós e deixar lá guardadas as nossas lembranças, os nossos momentos felizes do que acumular papéis, cacarecos ou seja mais lá o que for.

Estas arrumações são sempre positivas. De certa forma acredito sim que as energias ficam estagnadas, por isso pensei em algo maior. Penso que devo aproveitar este momento para fazer uma arrumação interior. Tirar de dentro de mim tudo aquilo que está pesando. Lembranças ruins, mágoas, arrependimentos...pesos que se tornam desnecessários.

Acredito que esse seja um momento ótimo para fazer isso. Final do ano, época em que costumamos rever tudo aquilo que passou, rever erros e acertos.

Fazendo essa arrumação, me livrando deste peso desnecessário na alma, estarei abrindo espaço para que coisas novas possam acontecer na minha vida.

Que tal você também fazer uma arrumação assim?

Vamos jogar tudo que não está mais nos servindo e vamos abrir espaço para novas conquistas, novas vitórias, novos sentimentos, novas alegrias.

Façamos isso antes que seja tarde demais e iremos perceber o quanto será significativo esta limpeza em nossa vida

3 comentários:

Patty disse...

Aninha
É sempre bom faxinar e reformar. Tudo fica melhor, mas limpo, mais claro. Faxinar abre espaço no armário de coisas já sem sentido e desuso....
Um beijo e ótima quinta feira

Navegando com o Álvaro Míchkim disse...

Minha esposa sempre faz isso. Ela limpa e eu reciclo.. ri-ri-ri... Isso é mto bom. É preciso tbm arejar a mente e viver o momento.
Parabéns pela iniciativa, pois representa desapego... Abraços.

elza disse...

Aninha, eu não tenho o hábito de guardar tranqueiras. Nem aquele cartãozinho mais lindinho e cheio de palavras queridas eu guardo. Faço limpezas constantemente e doo tudo o que não uso de roupa e sapato. Vá em frente e limpe a lama. Parabéns pela iniciativa. Bjkª da Elza